Caçadores de Medula Óssea

Alagoas inovará nas coletas para cadastro de Doadores de Medula Óssea

Posted on: 18/11/2010

 

Com esta iniciativa, a direção do hemocentro alagoano, que é responsável pela política de sangue e hemoderivados no Estado, pretende aumentar o número de voluntários cadastrados. 

 A nova metodologia consiste na coleta de saliva da mucosa bucal para obtenção do código genético, abolindo a pré-doação de sangue.

Ter no mínimo 18 anos, boa saúde e doar 5 ml de sangue.

Estes são os pré-requisitos para se cadastrar no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome).

No entanto, de forma pioneira, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) inova mais uma vez

e realiza testes para implantar o método Suabe, que foi desenvolvido nos Estados Unidos da América (EUA)

e que consiste na coleta de saliva da mucosa bucal para obtenção do código genético, abolindo a pré-doação de sangue. Com esta iniciativa, a direção do hemocentro alagoano, que é responsável pela política de sangue e hemoderivados no Estado, pretende aumentar o número de voluntários cadastrados. Isso porque, atualmente existem 10.323 alagoanos cadastrados no Rereme, mas o número ainda é considerado pequeno, já que apenas um em cada 100 mil habitantes tem a medula óssea compatível com um paciente cadastrado no Registro Nacional de Receptores de Medula (Rereme), segundo a diretora do Hemoal, Verônica Guedes.

   “Por esta razão, acreditamos que esta nova metodologia irá ajudar a aumentar o número de alagoanos cadastrados no banco de doadores. Até porque, muitas pessoas não se cadastram porque afirmam que têm medo de doar os 5 ml de sangue. Com o método Suabe, onde o cadastro ocorre com a coleta de saliva, não haverá mais essa desculpa”, frisou a diretora do Hemoal. Fundação Icla – Verônica Guedes destaca que o projeto piloto está sendo realizado graças à parceria com a Fundação Icla da Silva, que foi criada em 1992, nos EUA, após o falecimento da alagoana Icla da Silva, que era portadora de Leucemia e não conseguiu um doador de medula óssea compatível.

  “A missão da instituição é salvar vidas através do recrutamento de doadores de medula óssea e oferecer serviços de apoio a crianças e adultos com leucemia e outras doenças tratáveis a através de transplantes de medula óssea. A nova técnica foi desenvolvida nos EUA e os diretores da Fundação Icla pretendem implantá-la no Brasil, começando por Alagoas”, disse o presidente da instituição Airam da Silva, que é irmão de Icla da Silva. Expectativa vivenciada pela estudante de Engenharia Ambiental da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Natália Nascimento, 18 anos. Ela recebeu o diagnóstico de Leucemia em junho deste ano e, desde então corre contra o tempo para fazer o transplante de Medula Óssea, mas necessita de um doador compatível, que pode aparecer com o aumento do número de alagoanos cadastrados no Hemoal. “Ela é uma jovem linda, com uma alegria que contamina a todos. Está neste momento lutando com todas as suas forças contra a Leucemia, mas temos certeza que ela irá vencer esta luta, bastando apenas que as pessoas de coração possam comparecendo ao Hemoal para se candidatarem à doação de medula óssea,” apelou Alessandra Nascimento, que é tia da estudante.

 Transplante – Para realizar o transplante de Medula Óssea, ele consiste em um procedimento onde é realizada uma pequena intervenção cirúrgica nos ossos da bacia. Em aproximadamente 90 minutos é aspirada à medula óssea. Paralelamente, o receptor se submete a um tratamento que destrói a própria medula para receber a coletada do voluntário, como se fosse uma transfusão de sangue.

Essa nova Medula Óssea é rica em células chamadas progenitoras que, após mergulharem na corrente sanguínea, circularão e irão se alojar na medula óssea, onde se desenvolverão.

Para obter mais informações os voluntários podem se dirigir ao Hemoal,

sempre de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h

e aos sábados, no horário das 8h às 12h.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: 3315-2109,   8853-1750

ou pelo e-mail:  hemoal@saude.al.gov.br .

Fonte: Ascom/Sesau-AL

Repórter: Josenildo Törres

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Medulas ósseas transportam amor!

A medula transporta amor!

Caçadores de Medula Óssea

Olá, meu nome é Andréia Kely!

Criei o blog Caçadores de Medula Óssea a fim de reunir todas as informações sobre campanhas de doação de medula óssea, bem como interagir como uma ferramenta educativa, explicativa, esclarecedora e motivadora para todos os que entendem a grandiosidade de doar vida!
Dedico este blog a todos que vivem ou já viveram com diagnósticos de leucemia e doenças do sangue!
Sejam bem vindos, a grande corrente pela vida!

Lembrem-se sempre: Basta apenas uma gota de seu sangue, para que a vida aconteça novamente! A VONTADE é a maior POTÊNCIA do MUNDO!
Aproveitem o seu dia!

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 2.183 outros seguidores

Leia também os posts antigos

Posts por Categoria

Siga-me no Twitter!

Principais acessados

MedVidas – Planos de Saúde, Seguros de Vida

Saúde à Vida

Saúde à Vida

Blog Voluntário



<BannerFans.com






Pensar ECO
Coloque um V em sua foto!
http://avidadependedeumgesto.blogspot.com/
%d blogueiros gostam disto: